domingo, 20 de julho de 2014

Como amansar periquito australiano.

Olá pessoal!!

Decidi escrever esse post, pois muitas pessoas não sabem ou não conseguem amansar seu periquito australiano.

Esses métodos que irei descrever abaixo eu não garanto que sirva para todos os periquitos, pois depende bastante da personalidade deles. Tem uns que são ariscos e outros apenas medrosos.

 Primeiramente quero apresentar como exemplo minhas quitas Elina e Nori que foram compradas em pet shop. Elina era filhote, assustada e não bicava; a Nori já era adulta, arisca e bicava muito forte.
Comecei a tentativa de amansamento em Elina, pois ela não bicava e eu não tinha ideia do que fazer, pois era minha primeira ave!
Ela não parava nem se quer um minuto comigo, pulava o tempo todo. Mas percebi que quando ficava em frente ao espelho permanecia quieta, imóvel.
Quando consegui deixa-la em uma das minhas mãos (em frente ao espelho), pedi "pezinho" com a outra e disse:" Sobe, dá o pé!" e por incrível que pareça, ela realmente me obedeceu.
Fiz isso durante uma semana e depois disso ela dava o pezinho de onde estivesse.
Com o passar do tempo, ela aprendeu a comer na mão e a não ficar assustada no ombro de outras pessoas.
Eu sabia que com a Nori, o "tratamento" teria que ser outro. Eu não conseguia ao menos segura-la, pois sua bicada doía bastante, haha.
Mas, tive uma ideia quase brilhante, se a Elina me obedeceu porque via o próprio reflexo no espelho e pensava que era outro periquito, talvez a Nori pensasse o mesmo.
Nori não parava em minha mão na frente do espelho, então decidi ficar com a Elina na minha mão também. Pedi o pezinho para a Elina e a Nori imitou. Então, a partir dali comecei a ensinar Nori através da minha Elina fofa.

Hoje em dia minha Elina chama minha atenção de dentro da gaiola, aprendeu a pedir comida e aceita e gosta dos meus carinhos.
Nori, apesar de não aceitar carinho e de ainda bicar, come na palma da minha mão, sabe dar o pezinho de qualquer lugar, até mesmo de dentro da gaiola.
Nori já era adulta quando a amansei, então, na minha opinião o que conta mesmo para amansar um pássaro é tempo e dedicação. Ah, e nada de movimentos bruscos, temos que ser os mais delicados possível.
Nori


Não sou expert nesse assunto, faço isso sempre quando quero amansar meus periquitos e sempre deu certo.
Não me sinto à vontade em deixa-los passando fome para conquistar pelo estômago, acho um pouco cruel, já que quando eu fico sem comer fico mega estressada e se sua ave estiver estressada também, ela não vai aprender a ficar mansinha.

Tentei fazer isso com a minha agapornis para que ela deixasse de ser assustada, mas não deu certo. Talvez sirva só para periquitos mesmo. Eles, na minha opinião, são mais fáceis de amansar.

Se não gostaram do meu método de amansamento, simplesmente não faça. E se tiverem outras experiências relacionadas a socialização de aves, ficarei feliz em saber.  



Beijos e Bicadinhas.

2 comentários: